Regulamento do Dojô

20130129_203514

  1. O aluno deverá chegar ao DOJÔ (sala de treinamento), sempre no horário previsto ou com no máximo cinco minutos de atraso;

  2. Lavar os pés e as mãos antes dos treinos, manter o DOGI (kimono) sempre limpo;

  3. Ao entrar no DOJÔ para o treinamento, manter-se em silêncio para melhor concentração, seguindo sempre as instruções do SENSEI.

  4. Cada aluno deverá ter cabelos e unhas limpos e cortados, e não devem usar durante o treino objetos metálicos ou de material duro tais como: anéis, pulseiras, relógios, brincos, etc;

  5. Usar para o treinamento apenas o uniforme oficial: DOGI (kimono) branco, apenas com o distintivo da escola (BUDÔKAN) no lado esquerdo do peito. No caso de mulheres, usar camiseta branca por baixo do DOGI.

  6. Cumprimentar ao entrar e a sair do DOJÔ em direção ao centro, curvando a cabeça e o tórax num ângulo de 30 graus, e dizer em voz alta: OSS!

  7. Quando atrasado, esperar sentado (em SEIZA) na entrada do DOJÔ, até que tenha permissão de entrar;

  8. Evitar sair do DOJÔ durante os treinos sem a permissão do SENSEI;

  9. Dentro do DOJÔ, não falar de outras academias, de outras artes marciais, ou de outros estilos de karate. Evitar ainda tecer comentários sobre futebol, política e religião.

  10. Cumprimentar da mesma forma sempre que encontrar ou quando despedir-se de professores e colegas de treino (dentro e fora do DOJÔ):
    OSS SENSEI (Para os professores)
    OSS SENPAI (Colegas de faixa superior)
    OSS (Colegas de faixa igual);

  11. Dentro do DOJÔ, evitar brincadeiras agressivas, ou de quaisquer natureza. Nunca falar palavrões, ou xingar os colegas, não mascar chicletes ou outros tipos alimentos;

  12. Nunca entrar com sapatos, chinelos, chapéu ou fumando no DOJÔ;

  13. Ter para você o DOJÔ como um lugar sagrado, contudo sem conotação religiosa;

  14. Marcar sempre a ficha de presença e pagar em dia as mensalidades;

  15. Saber com clareza o DOJÔ-KUN (Lema do Karate) e praticá-lo;

  16. Manter sempre o respeito, a disciplina e a cortesia acima de tudo;

  17. Praticar o Karate-dô buscando um aperfeiçoamento contínuo, englobando a saúde do corpo, da mente e do espírito.

O Karate-Dô não é um esporte, é uma disciplina, um processo educacional para o adestramento mental, corporal e espiritual. A técnica física não constitui o verdadeiro objetívo, mas apenas uma ferramenta para o aprimoramento pessoal e a evolução do espírito.

O dojô da BUDÔKAN é o lugar de lições de Funakoshi são estudadas. Aqui não se exibe o ego, mas se limpa o corpo, a mente e o espírito.

OSS!

Artigos Relacionados:

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.